Brasil negro. Itamar Assumpção

“Cantar estancou meu sangue”
(Itamar Assumpção)

.

.

Uma força é o mundo. Capitalismo global estende suas garras. Toda terra precisa se posicionar. Isso é parte do Brasil.

Outra força é Portugal. Sua visão da terra, sua desvontade de ficar.

Lá, longe, era melhor. Lá era a vida – a civilização.

Aqui, tudo era selvagem. Especialmente ele, o europeu.

Aqui era impôr o parto. Aqui era forçar tudo. Abrir a mata, abrir estradas, abrir as pernas. Aqui era o estupro ‘que fecunda’.

Não, nós não nascemos de romances.

O índio sabe disso. Ele era outra força.

Outra força é o negro.

***

Sua história, aqui, foi escrita em sangue. Indizível.

Pele arrancada, tripas expostas, pernas e braços decepados.

Terror, terror: quem te daria uma imagem desse Brasil?

Mas eles sobreviveram.

Eles sobreviveram.

Eles sobreviveram.

***

Aqui começa o Brasil: injustiça, ignorância e abandono.

E mesmo assim, no meio dessa podridão – que continua! –

Ainda assim somos abençoados.

Ainda assim eles sobrevivem,

espalham suas raízes,

crescem

e nos enchem as mãos de presentes.

Ainda assim…

***

De um lado há o capital. O Português, o civilizado, o índio e o negro.

O negro é o Brasil que deu certo.

Mesmo que, sob um certo olhar, seja o Brasil dos submundos.

Lá crescem suas raízes,

e sua luz, como mãos em prece,

vivifica

lava essa terra,

empresta sua seiva.

***

Há um sopro de vida correndo, aqui, há cinco séculos

Um vento forte que não cessou.

Uma árvore negra, que dá sombra e fruto

E vida

Por toda essa terra.

Generosa, ela traz a semente

de um filho desejado.

Mas querem arrancá-la, essa árvore da vida.

Querem difamar seus frutos.

E ela sobrevive.

***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s