Todo caos

peito

 

O homem

não é um ponto de equilíbrio

um algo resolvido

um fim

mas um turbilhão

onde tudo se agita.

 

– As famílias,

seus sonhos,

seus delírios,

– guerras e tragédias,

cruzando o coração do homem.

E quando ele diz: “paz”,

isso, em sua boca,

é só mais um tiro.

 

Não é o mundo,

não são as coisas,

é o teu peito, irmão,

– que bate –

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s